Diretores do CRECI-SC se reúnem para avaliação e planejamento da nova gestão

19 de Fevereiro de 2019

Por: Assessoria de Imprensa CRECI-SC

Uma entidade representativa de uma classe como a dos Corretores de Imóveis, pela sua história, dimensão e grandiosidade, não pode ficar parada no tempo. É preciso acompanhar as mudanças num tempo em que tudo muda rapidamente.

Com estes propósitos e objetivos, a Nova Diretoria do CRECI-SC, eleita com mais de 64% dos votos, tem se reunido semanalmente para avaliar o quem tem sido feito no CRECI-SC e buscar soluções a fim de planejar estratégias para que se obtenham resultados positivos na nova administração que estará à frente da entidade entre 2019 e 2021.

Confira abaixo entrevista com o Presidente do CRECI-SC, C.I Antônio Moser, onde ele fala um pouco mais sobre o trabalho nesses primeiros dias de gestão do CRECI-SC.

1- Quais foram os principais desafios desse início de gestão?

Nesse início de gestão procuramos tomar conhecimento da real situação do conselho, da forma como eram feitos os procedimentos, da organização interna; enfim, procuramos informações a que antes não tínhamos acesso como Corretores de Imóveis. A partir daí, estamos buscando reorganizar essa estrutura para que o conselho possa ser eficiente, transparente e atender aos reais interesses da nossa classe e da sociedade como um todo.

 

2- Entre as ações e decisões tomadas, quais vocês poderiam dizer que são as mais importantes?

Em primeiro lugar essa reorganização geral de que falamos antes. Nesse sentido, vale ressaltar que estamos conversando com os colaboradores para que eles possam também contribuir com sua experiência. Outra questão importante é a atenção especial que estamos dando à fiscalização, que é a razão principal de ser do Creci-SC, inclusive com a abertura de um canal de comunicação direto para denúncias de irregularidades e exercício ilegal. Além disso, estamos buscando a aproximação com as entidades do mercado imobiliário e demais conselhos profissionais. Isso porque entendemos que hoje em dia é necessário trabalhar em rede para qu as ações sejam efetivas e façam realmente diferença na vida das pessoas.

 

3- Já tivemos uma Sessão Plenária com os conselheiros da nova gestão. Como vocês avaliam os trabalhos nesse encontro?

Para começar, é importante salientar que contamos com a presença de praticamente 100% dos conselheiros efetivos e suplentes. Isso demonstra o comprometimento da gestão eleita com uma renovação de qualidade no Creci-SC. Durante os dois dias de sessão plenária essa expectativa se confirmou, pois percebemos a vontade de participar e o interesse de todos nas discussões levantadas. Em breve veremos o resultado disso na prática, no dia a dia do conselho.

 

4- Uma das ações para o público externo foi a criação de um canal específico para denúncias. Isso faz parte de um projeto de maior aproximação com os Corretores de Imóveis e sociedade em geral, ou foi apenas por conta de uma necessidade específica?

O nosso compromisso sempre foi fazer do Creci-SC uma instituição em que o Corretor de Imóveis e a sociedade pudessem confiar. Para isso é fundamental que exista essa aproximação, não só nos canais diretos de comunicação, mas também da resposta eficiente que damos às demandas que surgem. Por exemplo, não adianta criar um canal de denúncias, se elas não são apuradas. Nosso compromisso é trabalhar para que o Creci-SC seja um órgão em que as pessoas podem confiar.

 

5- A principal missão do Creci-SC é cadastrar e fiscalizar o exercício da profissão. Qual será o foco da fiscalização durante essa gestão?

Agora na temporada, estamos focados no exercício ilegal da profissão que é tradicionalmente observado nos balneários de Santa Catarina. Nesse sentido, cabe valorizarmos a parceria da Polícia Militar que tem nos dado a tranquilidade para trabalhar e já tem encaminhado na hora os termos circunstanciados para aqueles que são flagrados exercendo ilegalmente a profissão. Num âmbito geral e mais a longo prazo, vamos tentar ao máximo evitar todo o tipo de irregularidade, principalmente aquelas que mais prejudicam os Corretores de Imóveis que seguem as regras estabelecidas pela legislação e, obviamente, aquelas que causam prejuízo ao público.

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.

Fúlvio Aducci, 1214, 10° andar. Estreito - Florianópolis/SC - 88075-001

(48) 3203-9200

FALE CONOSCO