Índices para entender os preços no mercado imobiliário

 

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Santa Catarina elencou os principais índices do Mercado Imobiliário, orientando os profissionais a entender melhor os cenários e os impactos na hora de fechar negócios.  

Confira abaixo:

CUB

O Custo Unitário Básico da Construção Civil (CUB) é um índice é responsável por ajudar na atualização dos contratos de imóveis que ainda estão em fase de construção. Trata-se de um indicador bastante específico capaz de indicar os custos médios de materiais e mão de obra especializada. A correção de valores desse índice deve acontecer exclusivamente para imóveis em construção, não valendo para unidades prontas e o cálculo pode variar de estado para estado.

http://www.cub.org.br/cub-m2-estadual/SC/

INCC

O INCC é o Índice Nacional da Construção Civil que, como o próprio nome sugere, foi criado com o propósito de medir os custos com construções em todo o país. Para quem tem planos de comprar um apartamento na planta, o INCC é muito utilizado como índice de correção monetária do valor a ser pago como entrada do imóvel na planta.

https://portalibre.fgv.br/estudos-e-pesquisas/indices-de-precos/incc

IGMI-C

O IGMI-C, ou Índice Geral do Mercado Imobiliário – Comercial, é o índice que mede a rentabilidade do mercado de imóveis comerciais no Brasil. O objetivo dele é, portanto, revelar a evolução dos preços dos imóveis comerciais em todo o país.

https://portalibre.fgv.br/estudos-e-pesquisas/indices-de-precos/igmi-c

IVG-R

O IVG-R, Índice de Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados, é calculado pelo BACEN – Banco Central do Brasil – e serve para medir a tendência dos preços dos imóveis residenciais no país.

https://dadosabertos.bcb.gov.br/dataset/21340-indice-de-valores-de-garantia-de-imoveis-residenciais-financiados-ivg-r

FIPEZAP

O FIPEZAP é um índice calculado pela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas –, que tem abrangência nacional e serve para acompanhar a evolução dos preços de imóveis tanto para compra, quanto para locação.

https://www.fipe.org.br/pt-br/indices/fipezap/

Índice de Confiança do Consumidor

O Índice de Confiança do Consumidor, também chamada de Sondagem de Expectativas do Consumidor, é outro índice calculado pela FGV, e serve para captar o sentimento do consumidor em relação ao estado geral da economia e de suas finanças pessoais.

https://portalibre.fgv.br/estudos-e-pesquisas/indices-de-precos/sondagem-do-consumidor

IPCA

O IPCA é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo é um dos mais importantes índices do país, já que serve como indicador da inflação no Brasil ao longo de um determinado período.

Para o seu cálculo, são coletados dados sobre preços de uma cesta de produtos em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, incluindo-se as concessionárias de serviços públicos e domicílios, que servem de base no cálculo do valor do aluguel e do condomínio.

https://www.ibge.gov.br/explica/inflacao.php

Taxa SELIC

A Taxa de Juros SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é a taxa média que o governo paga de juros para títulos federais. Esta taxa é uma das taxas mais importantes da economia, pois serve  como referência para todas as demais taxas de juros, incluindo os juros para financiamentos e os juros dos investimentos em geral.

https://dadosabertos.bcb.gov.br/dataset/11-taxa-de-juros---selic

 

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 13:30h às 17:30h (até dia 30/06/2020).

Fúlvio Aducci, 1214, 10° andar. Estreito - Florianópolis/SC - 88075-001

(48) 3203-9200

FALE CONOSCO